CNT/MDA: 90% do povo não acredita que Justiça age igual com todos

Em meio à prisão política do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a pesquisa do Instituto MDA para a Confederação Nacional dos Transportes (CNT), divuglada na manhã desta segunda-feira, 14, traz uma informação importante sobre a percepção dos brasileiros sobre o Poder Judiciário.


Continue lendo “CNT/MDA: 90% do povo não acredita que Justiça age igual com todos”

DESESPERO! Renata Lo Prete se “revolta” com entrevistado após críticas a Moro

A Justiça brasileira está no centro da crise política e é participante desta crise brasileira. Veja o vídeo em que sociólogo Aldo Fornazieri, apesar de ser interrompido pela apresentadora da GloboNews, conseguiu concluir o raciocínio e colocar o juiz Sérgio Moro como maior representante do Estado de exceção no Brasil.


Continue lendo “DESESPERO! Renata Lo Prete se “revolta” com entrevistado após críticas a Moro”

‘Primeiro, a gente tira a Dilma e o PT. Depois… relaxa que o país é nosso’

Em novo artigo em seu blog, o jornalista Leonardo Sakamoto critica duramente a seletividade da Justiça no Brasil, em prol dos tucanos e contra o PT, e os privilégios dos juízes.


Continue lendo “‘Primeiro, a gente tira a Dilma e o PT. Depois… relaxa que o país é nosso’”

A prisão em segunda instância e a advocacia-não-medíocre

Relato de um advogado Latino Americano, com o propósito de não ser medíocre: Quando entrei para os quadros da Ordem dos Advogados do Brasil, jurei exercer a advocacia com dignidade e independência, defender a Constituição, a ordem jurídica do Estado Democrático, os direitos humanos, a justiça social, a boa aplicação das leis e ainda, defender o aperfeiçoamento da cultura e das instituições jurídicas.


Continue lendo “A prisão em segunda instância e a advocacia-não-medíocre”

Golpe de 2016 destruiu moralmente STF. Politização do judiciário desmoraliza país

Judicialização política neoliberal – No auge do golpe parlamentar-jurídico-midiático de 2016, que derrubou presidenta eleita com 54 milhões de votos, o historiador e politólogo Moniz Bandeira, que morreu, na Alemanha, em novembro de 2017, previu, em entrevista à repórter Patrícia Faermann, do GGN, derrocada geral do Supremo Tribunal Federal(STF), por ter entrado, irresponsavelmente, de cabeça na politização da justiça,  destruindo, dessa forma o país.


Continue lendo “Golpe de 2016 destruiu moralmente STF. Politização do judiciário desmoraliza país”

Filho de desembargadora processado por tráfico de drogas pode ficar impune

A desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges continua fazendo de tudo para que o seu filho, processado por tráfico de drogas, se livre da acusação e saia impune.


Continue lendo “Filho de desembargadora processado por tráfico de drogas pode ficar impune”

O que as condenações de Lula e Carli Filho revelam sobre o judiciário brasileiro

Se por um lado um apartamento triplex supostamente usado como propina pode gerar uma pena de 12 anos e 1 mês de prisão, um duplo homicídio pode render uma pena um tanto quanto menor.


Continue lendo “O que as condenações de Lula e Carli Filho revelam sobre o judiciário brasileiro”

O recado do STJ no dia de hoje: o golpe só acaba quando termina

Por Kiko Nogueira – A decisão do STJ de negar, por unanimidade, o habeas corpus preventivo a Lula sai no mesmo dia de uma pesquisa da CNT/MDA conferindo-lhe, novamente, a liderança absoluta.


Continue lendo “O recado do STJ no dia de hoje: o golpe só acaba quando termina”

Cartas Marcadas: Judiciário está unido para prender Lula mesmo sem provas

A 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou nesta terça-feira 6, por unanimidade, o habeas corpus preventivo pedido pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para evitar sua possível prisão.


Continue lendo “Cartas Marcadas: Judiciário está unido para prender Lula mesmo sem provas”

Juízes são uma casta no Brasil e na Argentina, mas servidores comuns na França

Há semanas o Brasil discute se seus magistrados têm seus rendimentos e vantagens sobredimensionados num país onde o Estado falta na hora de prover serviços básicos a seus cidadãos.


Continue lendo “Juízes são uma casta no Brasil e na Argentina, mas servidores comuns na França”